sábado, 11 de julho de 2009

Pássaro Negro

Hoje de manha quando sai do quarto com a minha big mala para me ir embora, lá estava ele no jardim, como que se tivesse vindo despedir.
Não compreendo ainda muito bem a linguagem aviaria, mas pareceu-me algo como:
- “Agora vais para outras “paragens” e é muito longe para eu poder voar.
Por isso, vêmo-nos quando aqui voltares. Faz boa viagem.”
Quero voltar, espero não deixar o pássaro à espera por muito tempo.

Sem comentários: