terça-feira, 31 de janeiro de 2012

Insólito

"Post que publiquei a 23 de Outubro de 2010 durante a minha volta ao mundo,
inserido no projeto Caminhos Cruzados, e que hoje recordei."

Indivíduo do sexo feminino de apenas 3 anos, é mandado parar numa operação stop, quando se deslocava em marcha lenta no centro de Kathmandu. Aparentemente num ato de provocação dos agentes da autoridade presentes no local.
 
  Após acesa troca de palavras entre condutora e polícia,
 a criança, socorreu-se dos únicos dotes femininos que a tenra idade lhe permite, e tentou apelar à chantagem emocional, começando a fazer beicinho...
 e posteriormente a chorar.
O agente da autoridade reagiu com um sorriso de constrangimento aos olhares recriminatório dos muitos transeuntes que apenas presenciaram a última parte da cena.








Este bem podia ser o título desta sequência de fotos.Mas não! Não se tratou de nenhuma operação stop e muito menos a criança vinha a conduzir a mota! Estava eu a passear no centro de Kathmandu, quando ouvi um apito de um polícia. Olhei e vi que um homem tentava passar de mota para uma zona interdita a veículos motorizados em Durbar Square. Ele parou, o polícia correu na sua direção, uma troca de palavras, o homem desmonta a motorizada e afasta-se. Ao volante ficou esta criança! Ao que parece, por dois minutos o polícia ficou a tomar conta da criancinha enquanto o pai foi buscar algo num local onde não podia ir de mota. 
Eu apenas me aproveitei desta feliz coincidência para criar esta história.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Heróis do Gueto de Varsóvia


Durante a ocupação nazi na 2ª Guerra Mundial, os alemães construiram aqui um grande gueto cercado por um muro onde colocavam os judeus. Estima-se que a população dentro do gueto tenha chegado aos 380.000, as condições eram muito más e pouco abonam à condição humana. A fome e doenças eram abundantes.

No verão de 1942 os alemães iniciaram a deportação em massa de judeus para os campos de extermínio, em apenas cinquenta e dois dias 300.000 judeus foram embarcados campo de extermínio de Treblinka onde morreram nas câmaras de gás.



Para os que restavam, não havia nada a perder, era esperar a sua vez de ser enviado para Treblinka ou morrer a lutar.
  
Este memorial é dedicado aqueles que durante meses escavaram túneis por baixo das casas, ligando zonas da cidade através das redes de esgotos, e utilizavam-nos para atacar as tropas nazis e para fugir para zonas mais seguras. Os alemães respondiam fazendo explodir quarteirões inteiros e capturando e matando o máximo de judeus que podiam.

As hostilidades tinham começado em Janeiro de 1943 mas a batalha final começou a 19 de Abril, na noite da Páscoa judaica, e tudo terminou a 16 de Maio.




Gerações


Apanhei três gerações, de mulheres de uma família polaca a olhar com ar muito estranho para mim.
Que será que cada uma delas pensou?
Aceito hipóteses de quem quiser arriscar.

Livros Gelados

Em Varsóvia descobri a Literatura Gelada.
Existem muitas livrarias e muitos cafés têm livros para os clientes lerem enquanto consomem, mas mesmo assim existem bancas na rua e nem a neve parece estragar o negócio.