sexta-feira, 7 de agosto de 2009

Teoria

Pode ser só uma teoria, mas eu acho que é verdade!
Hoje fomos de Cairns, a cidade mais perto da Grande Barreira de Coral para Auckland na Nova Zelândia.
Cairns – Brisbane e Brisbane – Auckland, dois voos na Qantas (Companhia Aérea da Austrália).
No primeiro voo, entrei no avião e adormeci quase imediatamente, só acordei quando estavam a levantar as coisas do pequeno-almoço.
Ora, o meu organismo está perfeitamente sincronizado para acordar quando estão a servir as refeições e não depois de.
Há tantos anos que é assim e nunca falha!
O que terá acontecido para não ter acordado?
O facto de o voo ser às cinco da manhã, de ter acordado às três e meia, de ter dormido apenas três horas e estar muito cansado, não pode ser motivo para o sucedido.
Para mim, é politica da Qantas pôr os passageiros a dormir através de qualquer coisa que põem no ar, só para poupar nas refeições. É a minha teoria.
Mas no segundo voo enganei-os, fui com o pescoço esticado e com os olhos tão abertos na direcção da cortina de onde eles saem, que não adormeci antes de comer.
E até acho que eles, quando abriram a cortina ficaram um pouco espantados por eu não estar a dormir, mas pode ser só impressão minha.
Também é possível que tenha sido pelo meu ar de parvo a olhar para eles.


Sem comentários: